Padronagem na decoração: saiba como deixar sua casa com mais estilo

Padronagem na decoração: saiba como deixar sua casa com mais estilo

  • Home
  • Tendências
  • Padronagem na decoração: saiba como deixar sua casa com mais estilo
padronagem na decoração

O uso da padronagem na decoração confere mais estilo e personalidade a uma casa. Com o auxílio de conceitos decorativos básicos e bom senso, é possível combinar esse recurso com um mobiliário adequado para garantir um ambiente charmoso e harmônico.

Apesar de serem conceitos um pouco parecidos é importante entender as diferenças entre a padronagem e a estampa. Enquanto o primeiro é a repetição de desenhos no próprio tecido durante a fabricação, as estampas são uma pintura ou uma adesivação sobre o tecido liso.

Trouxemos para você, neste texto, as principais características da padronagem para facilitar a sua vida na hora de planejar uma decoração de interiores. Assim, você verá quais são os principais exemplos e como usá-los. Acompanhe!

Padrões neutros

O uso de uma base neutra confere a um recinto maior versatilidade. Isso porque é possível fazer mudanças na decoração e combinar elementos de diferentes estilos sem conflito. Essa padronagem permite fazer escolhas mais ousadas porque permite o equilíbrio entre o sóbrio e o irreverente.

Um padrão neutro pode ser também a estrela de um cômodo e traz um ar sofisticado e clean, podendo ser usado para a montagem de ambientes mais formais como uma sala de estar de estilo clássico.

Geométricos

As figuras geométricas fazem parte do estilo retrô ou do vintage porque remetem aos anos de 1970 com a psicodelia. Para uma decoração retrô, esse tipo de padrão entra como uma releitura do estilo da época. Então, o seu uso é pontual, como em almofadas.

Quando vintage, o ambiente é como uma máquina do tempo, móveis e objetos decorativos são os mais fiéis possível àquele estilo. Assim, a repetição de figuras concêntricas e coloridas pode aparecer também nos estofados.

Não é preciso se prender ao duo p&b, as listras coloridas são bastante utilizadas, podendo ser do mesmo tamanho ou assimétricas, variando entre uma faixa mais grossa, uma mais fina e outra intermediária. O leque de opões é extenso!

Listrados

No mundo da moda, as listras são conhecidas por modificarem a silhueta visualmente. Listras verticais alongam a aparência de uma pessoa e listras horizontais, alargam. Da mesma maneira esse padrão pode ser utilizado na decoração.

Um ambiente estreito pode ser melhorado com a adição de um papel de parede listrado na horizontal. Já um recinto com o pé direito demasiadamente baixo, ganha amplitude com listras verticais.

Florais

Quando os móveis têm linhas bem definidas, são monocromáticos e de cores neutras, uma parede floral pode trazer vida ao ambiente. É possível usar essa padronagem em objetos menores como aparelhos de jantar ou abajures.

Pied-de-Poule

Esse é um tipo de xadrez que surgiu por volta do séc. XIX e era muito utilizado nas roupas da aristocracia britânica. Hoje, esse padrão chegou à decoração de interiores nos estofados, almofadas e até mesmo no papel de parede, trazendo um visual mais sofisticado e elegante.

Chegado ao fim deste texto, você já conhece as principais tendências de padronagem na decoração e como usá-las. Lembre-se que o melhor é apostar no equilíbrio entre o discreto e o chamativo para não errar nas escolhas!

Gostou deste conteúdo? Então, entre em contato conosco para conhecer nossos serviços de design de estofados!

Deixe um comentário

Share This