Decorar Ambientes com Tecidos Jacquard - Lartex

6 formas de decorar ambientes com tecidos jacquard!

Saiba como Decorar Ambientes com Tecidos Jacquard, deixando mais elegantes e na moda. Requinte e sofisticação gastando muito pouco. Confira aqui.

Decorar uma casa pode ser uma experiência instigante para alguns. Para outros, torna-se fruto de uma série de inseguranças, especialmente quando escolhemos investir em materiais de qualidade superior, como o tecido jacquard.

A composição de um ambiente harmonioso e aconchegante exerce impacto direto sobre o bem estar de quem habita o ambiente. Além disso, a casa e o escritório também são uma extensão do que somos. Narrar as nossas particularidades envolve a escolha dos elementos certos e um arranjo potente o suficiente para aumentar a força de nossas narrativas. Em uma loja, conversar com os ideais do público exige não só entendê-los como ninguém, como também conhecimentos em decoração de interiores.

Quer algumas dicas para montar o seu ambiente com um tecido de excelente qualidade? Acompanhe!

Tecido jacquard: qualidade atestada pela história

O tecido Jacquard já possui mais de 3 séculos de história. Inventado por Joseph Marie Jacquard, autor do tear mecânico, tecido foi resultado de uma inovação tecnológica que permitia a criação de padrões complexos com o entrelaçamento de fios, o que tornava o tecido, e consequentemente a peça, muito mais resistente.

Além de maior resistência, a proposta de Jacquard era a criação de um tecido com infinitas possibilidades, cores e texturas. O sistema de Jacquard selecionava fio a fio e continha cartões perfurados como uma forma de armazenamento. Assim, seria possível produzir desenhos e fazer com o tear os lesse e produzisse mecanicamente.

Se você gosta de história, vale a pena fazer uma visita ao Museu do Jacquard, no norte da Bélgica, para conferir os teares gigantescos produzidos entre os séculos XVIII e XIX!

Na decoração, o jacquard apresenta alta sofisticação e requinte. Com uma grande diversidade de motivos, esse tecido pode ser aplicado em cortinas, colchas, sofás, almofadas, mantas, revestimento de parede etc .O investimento é um voto a favor da qualidade em sua composição!

Tecido jacquard: 6 ideias para usá-lo na decoração

Decidiu montar um ambiente com tecido jacquard de encher os olhos de seus clientes? É hora de saber como aplicá-lo com sabedoria!

1. Aprenda a fazer uma mixagem de desenhos

Um dos maiores desafios na hora de fazer uma nova decoração para o ambiente é a escolha das cores para as paredes e a coordenação de desenhos. Casar bem os motivos dos tecidos é uma habilidade primordial de um designer confiante, mas mesmo os decoradores amadores podem aprender boas práticas para combinar texturas e motivos. Basta ter um pouco de conhecimento, prática e fazer algumas tentativas.

Certas combinações, trabalham muitíssimo bem juntas. Um desenho gráfico e um jacquard em padrões geométricos arrojados, uma estampa Paisley coordenada com um xadrez tartan, florais e listras, dentre outras, já são casais carimbados em produções que trazem requinte e ousadia. Mas qual é a fórmula para chegar a esse resultado harmônico?

A primeira dica é usar um padrão com múltiplas cores e, no restante dos elementos que compõem a decoração, usar menos tons. Se você não gosta de muitos padrões, pode aplicar listras coloridas, por exemplo. A partir de um motivo que lhe agrade, você escolhe as cores dos demais objetos.

O círculo cromático é uma ótima ferramenta para a coordenação de cores. Procure entender como as cores complementares e cores análogas operam juntas, de forma a alcançar combinações inteligentes e agradáveis.

Uma ótima dica e a regra 60:30:10. Segundo ela, 60% de um ambiente deve ter uma cor dominante, que pode ser aplicada nas paredes. Seguindo o raciocínio, 30% da composição deve ter uma cor secundaria, que pode ser trabalhada nos tecidos dos moveis. Já os 10% restantes podem receber uma cor para acentuar as demais, e devem ser aplicados em enfeites, vasos, almofadas, abajures, dentre outros.

Padrões em grande escala têm menor impacto nos tons de cor. Por isso, na hora de selecionar a sua paleta de cores, é importante que você observe como elas se comportam em diferentes escalas.

Decoradores afirmam que é comum que os clientes entrem nas lojas com amostras de tecido querendo aquele tom exato, sem considerar tons semelhantes ou como a cor dialoga com outras.

2. Varie as escalas

A coordenação  também exige uma variação de escalas. Permita que um padrão seja o protagonista e deixe os demais motivos atuarem como figurantes ( é o que chamamos de composê ), ajudando o desenho principal a brilhar ainda mais..  Quando diversos padrões do mesmo tamanho competem por atenção, nossos olhos não sabem onde focar.

3. Combine texturas

Excesso de bons itens de decoração, mesmo em jacquard, ainda é um exagero. A mixagem de texturas e um dos principais cuidados a serem tomados na decoração de ambientes. Assim como uma sala completamente lisa pode ficar sem personalidade, um ambiente repleto de texturas pode falhar em comunicar o que você deseja.

Seguindo os nossos exemplos, se você selecionar um padrão floral, complemente-o com um listradinho. As riscas e as pequenas variações serão percebidas como uma única cor, à distância. Atenção para o diálogo entre as cores, conforme mostramos acima!

4. Use amostras de uma maneira inteligente

Antes de adquirir seu item de decoração em jacquard, seja ele um tecido para parede, uma poltrona ou um confortável sofá, peça que a loja conceda um conjunto de amostras. No ambiente que será montado, teste o efeito das amostras em relação ao tom das paredes e dos demais elementos em diferentes horas do dia.

5. Repita padrões

A repetição de padrões dentro do mesmo ambiente pode harmonizar melhor o conjunto. Se você aplicou um motivo na mesa de centro, você pode repeti-la nas almofadas. A estampa aplicada nas cortinas pode ser utilizada na cobertura da cama.

Se você tem dúvidas, recorra às suas amostras. Sobreponha os desenhos até atingir uma combinação satisfatória e, mais uma vez, observe como as camadas reagem a diferentes incidências de luz.

6. Escolha uma peça-chave

Se você selecionou um padrão de jacquard para um sofá ou uma cadeira, faça com que esse projeto seja evidenciado no ambiente. Quanto maior a peça, maior o statement.

Sente que um floral arrojado sobre o sofá e muito para o seu ambiente, aplique-o em uma cadeira ou poltrona. Atenção para o dialogo das formas. Tanto no jogo de semelhanças quanto no de contrastes, é preciso que as peças ajudem umas as outras na criação de um conjunto harmônico.

Para saber mais sobre como decorar sua casa e ter acesso a conteúdos exclusivos, curta nossa página no Facebook!

Se você gostou do nosso artigo e das curiosidades que apresentamos, e quer investir em tecido jacquard e peças únicas para a sua loja, entre em contato conosco e conheça as opções da LARTEX!

Cadastre-se para receber as nossas novidades

Deixe um comentário

Share This