Como divulgar uma loja de decoração nas mídias sociais - Lartex

3 ideias para divulgar uma loja de decoração nas redes sociais

  • Home
  • Gestão
  • 3 ideias para divulgar uma loja de decoração nas redes sociais
Saiba como divulgar uma loja de decoração nas mídias sociais para ajudar a você a vender mais. São dicas valiosas que vão fazer diferença no seu negócio.

Se um negócio quer prosperar, não tem conversa: estar fora das redes sociais deixou de ser uma opção faz tempo. Cada vez mais, potenciais clientes recorrem ao Facebook, Instagram e outras plataformas para pesquisar opções e escolher em qual marca vão apostar suas fichas.

Logo, as mídias sociais são ferramentas poderosas para divulgar sua loja de decoração, atraindo consumidores e agregando valor à sua imagem. Estar presente no cotidiano das pessoas por meio de conteúdos relevantes é uma boa forma de construir um nome sólido e se tornar referência.

Mas cuidado: muitos empresários costumam achar que é só criar uma fanpage que o sucesso vem. O investimento em comunicação via redes sociais exige planejamento, conhecimento do seu público e muitos testes. Além do mais, cada rede tem várias especificidades.

Reunimos neste post, ideias potentes para você apresentar seu negócio em 3 redes sociais diferentes. Entendendo melhor como elas funcionam, fica fácil escolher as estratégias para divulgar loja que mais combinam com o seu negócio!

1. Facebook: relevância para se destacar

A rede social criada por Mark Zuckerberg é incontornável. Com mais de 1 bilhão de usuários ativos em todo mundo — 70 milhões somente no Brasil — o Facebook pode ser uma vitrine dinâmica para apresentação da sua loja.

Uma especificidade da rede é que ela combina imagens e texto, com pesos semelhantes, e você precisa levar em consideração essa característica na hora de produzir suas postagens. Atenção: os textos, porém, não devem ser muito grandes.

Toda vez que o usuário precisa clicar em “ver mais” para terminar de ler um texto, a preguiça toma conta. Por isso, opte por textos curtos e imagens que chamem a atenção. Ao produzir conteúdos maiores, publique-os no blog ou site da empresa e use o Facebook para divulgar o link e uma breve chamada.

Lembre-se: criar conteúdos próprios agrega muito mais valor do que o compartilhamento de informações de terceiros. Priorize imagens e textos produzidos pela própria empresa para alimentar a página. Assim, sua marca vai se firmando como autoridade para falar do assunto.

Outra dica: uma das vantagens do Facebook é que ele oferece um maior espectro de reações possíveis para uma postagem, que vão do tradicional curtir à carinha brava, passando pelo coração de “amei”. Com isso, fica mais fácil mensurar como seu público está reagindo às suas propostas e fazer adaptações constantes.

2. Instagram: quando uma imagem vale muito

Se no Facebook o texto tem destaque, no Instagram é a imagem quem reina. Por isso, as estratégias de divulgação nessa rede precisam contar com bastante apuro estético. Contratar os serviços de um fotógrafo profissional para produzir um pacote de imagens de divulgação é essencial.

Mais uma vez, conteúdos próprios devem ser priorizados, não apenas por questões autorais, mas também por oferecerem um diferencial. Você pode utilizar o Instagram, por exemplo, para publicar uma imagem linda de ambiente com dicas rápidas de decoração, em tópicos. Não vale estender demais, OK?

Ainda, o uso correto de hashtags é fundamental para facilitar as buscas e fazer com que potenciais clientes encontrem sua loja. Elas precisam representar bem o conteúdo e serem funcionais para as pesquisas. O excesso de hashtags, porém, pode incomodar. É preciso equilíbrio!

3. LinkedIn: trocas profissionais

Essa é a rede destinada a assuntos e trocas profissionais, para a formação de parcerias e para conteúdos especializados, como os voltados para a gestão, por exemplo. Artigos dos líderes da empresa costumam ser bem-recebidos e passam uma mensagem positiva de domínio de determinados assuntos.

Por meio da formação de mailings específicos, possibilitados pelos filtros da plataforma, é possível chegar até designers de interiores e arquitetos, por exemplo, possibilitando o intermédio de vendas da sua loja.

A criação de uma rede profissional de relacionamento (ou networking) é a prioridade do LinkedIn. Com ele, fica mais fácil sistematizar o contato permanente com pessoas da área e aumentar a qualidade dessas trocas. Nesse caso, o profissionalismo deve imperar, às vezes sendo necessário pisar no freio quanto ao tom informal.

Em todas as redes, é claro, é fundamental que os contatos feitos sejam respondidos rapidamente. Assim, a tarefa de divulgar loja no mundo virtual fica bem mais fácil.

E então, tem mais dicas ou alguma dúvida? Compartilhe com a gente nos comentários!

Para ficar por dentro de muitas outras dicas e novidades, curta a nossa página no Facebook e nos acompanhe pelo nosso perfil no Linkedin!

Se você gostou do nosso artigo e das curiosidades que apresentamos, e quer investir em tecido jacquard e peças únicas para a sua loja, entre em contato conosco e conheça as opções da LARTEX!

Deixe um comentário

Share This